O Evangelho para as Mulheres

“Dignidade para resistir à opressão”

 Saiba como Deus transformou a vida de uma mulher que se dizia a mais miserável do mundo

“Agora sou a mulher mais feliz do mundo!”

 “Eu realmente quero encorajar as pessoas que vivem em uma família despedaçada. Se Deus pôde mudar um marido como o meu, então Ele, com certeza, pode transformar o coração de qualquer pessoa fazendo-a se voltar para o Senhor. Apenas confie nele.”

Talvez você já tenha ouvido algo assim de uma pessoa conhecida que se converteu a Cristo e tinha uma família com inúmeros problemas, mas que, pelo poder do evangelho, teve sua família restaurada para a glória de Deus. Agora você tem a oportunidade de saber que mulheres de países onde há perseguição religiosa também experimentam a mesma luta de orar por um longo tempo pela conversão do marido ou dos filhos. Elas são como nós. As palavras que você leu acima vieram de Tuyet, uma mulher de 37 anos, mãe de três filhos. Fazem apenas seis anos que ela e o marido aceitaram Jesus como Senhor e Salvador, mas, diferente dela, o marido não deixou o velho homem tão facilmente. Na verdade, a perseguição é mais amarga e mais difícil de suportar quando vem de alguém que jurou amar e cuidar de você até que a morte os separe. “Não tive um dia de alegria desde que me casei com ele, nenhum”. O que prometia ser uma vida melhor passou a ser uma vida de declínio. Para Tuyet, isso era difícil de entender e parecia que o poder que o evangelho tem para mudar uma pessoa era apenas uma ilusão. Essa vietnamita estava cansada da mesma vida que tinha havia anos com seu marido. “Ele era um beberrão e, quase todos os dias, me amaldiçoava e amaldiçoava minha fé em Deus. Eu estava muito desencorajada porque nada tinha mudado, mesmo depois de os meus líderes orarem por ele durante anos”. A vida de Tuyet ia de mal a pior. Ela se sentia tão infeliz, que desejou até a morte. Mas isso teve fim quando participou do Projeto Priscila.

A esperança renovada

O Projeto Priscila é um programa de treinamento para mulheres, tanto solteiras como casadas, com o objetivo de redimi-las e fortalecer a identidade e o papel que Deus lhes deu, a fim de prepará-las para o ministério. Esse é um dos vários programas de treinamento do Vietnã que a Portas Abertas iniciou e apoia. E foi por meio deste projeto que Deus transformou a história da família da Tuyet para sempre. “Eu só queria morrer, embora soubesse que apenas Deus poderia me salvar. Estive três vezes no treinamento para professoras do Projeto Priscila, em Saigon. Contei meu caso para todas as pessoas presentes, e minhas irmãs impunham as mãos sobre mim e oravam. Mas, quando eu chegava em casa, tudo continuava na mesma. Durante anos não pude perdoar aquele homem que fez tanto mal a mim e aos meus filhos.” Mas o poder de Deus ainda faria com que a situação mudasse radicalmente. Em muitos casos, a vida piora antes de melhorar. Deus, sem o conhecimento de Tuyet, estabelecia o palco divino para ela vivenciar a transformação pela qual esperava. Tuyet, contra todas as esperanças humanas, foi conduzida a contar somente com Deus e a colocar suas esperanças apenas naquele que poderia realizá-las. Por intermédio da oração contínua de suas companheiras do Projeto Priscila, aconteceu, por fim, o tão esperado milagre. Tuyet perdoou o marido. “Um dia, eu chorei diante do Senhor e decidi perdoar totalmente meu marido. Falei para ele e para nossos filhos que eu o perdoava. Confessei meu perdão em nome do nosso Senhor Jesus.” Ela não sabia, mas o perdão  libera um poder transformador tanto em quem perdoa quanto em quem é perdoado. Este poder começou a agir na vida daquela mulher. No mesmo dia, Tuyet começou a notar mudanças no marido. A transformação continuou durante dias, e Tuyet só tem o que celebrar. “Nos quatro meses seguintes, meu marido demonstrou aversão ao vinho, e não consegue nem tocar em um copo dessa bebida. Ele sempre me pede desculpas e diz que me ama. Graças a Deus, ele arrumou um emprego e, todos os domingos, vai comigo à igreja. Ele cuida de mim e dos nossos filhos. No passado, não tínhamos nada em casa porque ele vendia tudo para comprar vinho, mas agora ele começou a trazer de volta tudo o que tínhamos.” Nosso coração se alegra em ver a restauração na vida de Tuyet e seu marido, mas o Senhor quer mais do que apenas mudar uma situação desesperadora. Na verdade, Ele quer mudar os corações. Durante anos, a amargura se enraizou no coração de Tuyet, e ela foi incapaz de perdoar o marido. Contudo, no momento em que ela decidiu perdoá-lo, Deus fez rapidamente sua parte, trazendo-o para o lado certo. Foi apenas uma questão de tempo até os vizinhos conhecerem a história de Tuyet. “Meus vizinhos souberam da minha história, e, por causa do que aconteceu comigo, alguns deles aceitaram a Cristo. Todos eles disseram que apenas Deus podia transformar minha família, e isso é verdade. Louvado seja o Senhor! Sei no fundo de meu coração que Deus me ama muito, e que ele tem um plano maravilhoso para minha família. Agora eu sou a mulher mais feliz do mundo!”

Pv 31:30

       “A beleza é enganosa, e a formosura é passageira: mas a mulher que teme o Senhor será elogiada.”

 Revista Portas Abertas Abril 2008

(www.portasabertas.org.br).

Anúncios
Esse post foi publicado em Em destaque, Mulher, Periódicos, Portas Abertas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s