Sobre a dor

 Bráulia Ribeiro

Enquanto o fagote avança no lúgubre primeiro movimento da Sinfonia 6 de Tchaikovsky, a melodia da dor vai se desenhando. A vida ainda se debate na valsa propositalmente desequilibrada do segundo movimento e na marcha do terceiro. Vida à procura de sentido, de equilíbrio. A vida na dor finalmente cede à morte no quarto movimento e vai se esvaindo até o silêncio.

Picasso brinca com o rosto humano e o descobre torto, desconexo. Então pinta “Guernica”, o quadro da dor da guerra, no qual homens e animais, aos pedaços, se debatem no lençol negro da incompreensão. O sol é uma lâmpada sem força. Não há outra expressão além da dor soberana, e as gentes que se entregam à morte. A dor transforma o homem; porém, ainda bela, nos comove e vai comover as gerações que virão.

Na intensa prova do Ironman em Kona, os corpos perfeitos das primeiras horas da chegada dão lugar à beleza da resistência. Os triatletas renomados chegam oito horas depois do início. Porém, não são eles os heróis. Até à meia-noite, dezessete horas depois do início da corrida, os vitoriosos são esperados. Alguns chegam mancando, mal conseguindo caminhar; outros, correndo com as forças finais que não sabiam que tinham. Coloco-me num lugar escuro do percurso, antes da virada dos últimos quatro quilômetros, e com a voz embargada grito “você vai chegar!” para o para-atleta com pernas mecânicas em cima de lâminas, ou para a velhinha claudicante. A pintura no chão diz: “compromisso são 260.3 quilômetros”. Eles finalmente passam pela chegada em estado de êxtase. O cansaço e a dor como uma droga os impulsionando para frente. Alguns desmaiam, vomitam. A voz do locutor grita: “Sandra Smith, de 58 anos, você é um Ironman!”. E ali, na intensidade da dor do máximo esforço, eles sabem que venceram.

O importante no Ironman não é chegar primeiro. É simplesmente chegar. Cada um vencendo a si mesmo. O sobrevivente do câncer, o jovem que perdeu as pernas, a mulher obesa que perdeu quarenta quilos, o pai que perdeu o filho. Todos são campeões e celebrados como tais. E todos sabem que sem dor na vida não há vitória.

Muitos creem em um Deus compatível com a dor. Seu plano superior justifica tudo e a dor como um mal menor cede lugar à glória do final, a glória inescrutável do divino que triunfará. Deus está no meio da dor. Porém, ele não se alegra nela nem a planejou. A Bíblia não nos mostra um Deus impassível, mas o inspirador da “Guernica”. Seu coração se contorce em dores, diz o profeta chorão ao descrevê-lo. Vem o Filho e encarna a descrição profética mostrando-nos o rosto, o corpo, o coração da dor na cruz. Não há dor maior do que a da rejeição suprema àquele que era o amor supremo.

Como o Deus da cruz pode ser impassível? Mel Gibson criou no filme “A paixão”, a teologia visual do sofrimento. “Em toda a angústia deles, foi ele angustiado” (Is 63.9). A dor que a humanidade se autocausou em sua rebelião, sempre foi dele também. Todo o universo sofre nosso pecado. Porque Cristo dói, a dor humana é bela como a Sinfonia 6.

Certa amiga perdeu dois de seus três filhos. Encontro com ela depois da morte do segundo, muda, sem saber o que dizer. Ela se queixa do abandono. Ninguém a visita. Além dos filhos, perdeu os amigos. A morte incomoda. Ela diz que as pessoas não sabem como se portar diante da dor que ela carrega e se afastam. Até os cristãos têm medo do contágio da dor, como uma lepra. — “Por quê? A dor é minha, não é deles”, ela diz. — “Não, amiga. Ela é de todos”. Mas um dia, como os Ironman, cruzaremos com dor a linha de chegada para contemplar a vitória de estar com ele.

• Bráulia Ribeiro trabalhou na Amazônia durante trinta anos. Hoje mora em Kailua-Kona, no Havaí, com sua família e está envolvida em projetos internacionais de desenvolvimento na Ásia. É autora de Chamado Radical.
braulia.ribeiro@uol.com.br

H.R. Rookmaaker

“A arte não precisa de justificativa. Não é uma obra técnica, é uma chamada profética a todos os cristãos.”

A.W.Tozer

“é muito improvável que Deus use uma pessoa que nunca sofreu profundamente uma dor”.

Esse post foi publicado em Diversos, Ultimato. Bookmark o link permanente.

19 respostas para Sobre a dor

  1. Everything is very open with a really clear clarification of the challenges. It was definitely informative. Your site is very useful. Thank you for sharing!

    Curtir

  2. Kaila Culotti disse:

    Very good post. I absolutely appreciate this website. Keep it up!

    Curtir

  3. Leigha Sartin disse:

    bookmarked!!, I really like your blog!

    Curtir

  4. Teri Henne disse:

    I was able to find good advice from your blog posts.

    Curtir

  5. Blossom Holda disse:

    Having read this I thought it was really informative. I appreciate you spending some time and effort to put this informative article together. I once again find myself spending a significant amount of time both reading and commenting. But so what, it was still worthwhile!

    Curtir

  6. Verlie Irvin disse:

    I have to thank you for the efforts you have put in writing this website. I really hope to see the same high-grade blog posts by you later on as well. In truth, your creative writing abilities has encouraged me to get my own, personal website now 😉

    Curtir

  7. Excellent article. I will be experiencing a few of these issues as well..

    Curtir

  8. Lela Keath disse:

    I really like reading through an article that will make people think. Also, thank you for allowing me to comment!

    Curtir

  9. Pretty! This has been an incredibly wonderful post. Many thanks for providing this info.

    Curtir

  10. I’d like to thank you for the efforts you’ve put in penning this site. I’m hoping to view the same high-grade blog posts by you later on as well. In truth, your creative writing abilities has motivated me to get my own website now 😉

    Curtir

  11. This is the perfect site for everyone who really wants to understand this topic. You know a whole lot its almost hard to argue with you (not that I really would want to…HaHa). You definitely put a brand new spin on a topic that’s been discussed for years. Great stuff, just excellent!

    Curtir

  12. Having read this I believed it was rather informative. I appreciate you finding the time and effort to put this short article together. I once again find myself personally spending a significant amount of time both reading and posting comments. But so what, it was still worthwhile!

    Curtir

  13. Phylis Rinkus disse:

    Good post. I certainly love this site. Continue the good work!

    Curtir

  14. I absolutely love your site.. Great colors & theme. Did you create this web site yourself? Please reply back as I’m attempting to create my very own website and would like to know where you got this from or just what the theme is named. Many thanks!

    Curtir

  15. Elmer Trolio disse:

    I blog often and I seriously appreciate your content. The article has really peaked my interest. I’m going to book mark your website and keep checking for new information about once per week. I subscribed to your Feed as well.

    Curtir

  16. Jordan Duong disse:

    This is a good tip particularly to those fresh to the blogosphere. Short but very accurate info… Thanks for sharing this one. A must read post!

    Curtir

  17. Kina Hissam disse:

    I’d like to thank you for the efforts you have put in writing this website. I am hoping to see the same high-grade blog posts from you later on as well. In truth, your creative writing abilities has encouraged me to get my own blog now 😉

    Curtir

  18. rfbarbosa1963 disse:

    The blog address has changed to a final. The content itself has not changed. There was only one maid of documents that encourages the visitor.
    https://saldaterraeeluzdomundo.wordpress.com

    Curtir

  19. Advidoraima0m disse:

    A lot of thanks for your whole hard work on this web site. My mother enjoys conducting internet research and it is simple to grasp why. Almost all know all concerning the powerful way you offer informative strategies through this web site and strongly encourage contribution from some other people on that subject matter so my princess is really learning so much. Enjoy the remaining portion of the new year. You’re the one doing a superb job.

    http://www.ksa03ksa.com/vb/member.php?u=21365
    http://www.kmutnb-ea.net/forums/index.php?action=profile;u=427156

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s