Uma Teologia de Supermercado

“…a prosperidade bíblica se alicerça fundamentalmente em um correto relacionamento com o Senhor. Quando fórmulas, técnicas ou quaisquer outros meios substituem a comunhão do crente com o seu Deus, então o caminho para uma fé deformada está aberto. Esse modelo teológico que ignora a existência humana e não leva em conta a soberania de Deus sobre a história tem produzido uma geração de crentes superficiais. E o que é pior – tem se tornado quase que exclusivamente o único tipo de fé conhecida. O cristianismo ortodoxo tem sido empurrado para a periferia da fé. A química resultante da mistura desse modelo teológico com o princípio bíblico da retribuição tem originado uma excrescência dentro do protestantismo evangélico – a Teologia da Barganha.

       Os pressupostos da Teologia da Barganha já são perceptíveis no Antigo Testamento, nos argumentos defendidos pelos amigos de Jó: Elifaz, Bildade, Zofar e Eliú. É possível vermos na Teologia desses homens uma relação distorcida entre pecado e punição. Em palavras mais simples, eles defendiam a tese de que por trás do sofrimento de Jó estava algum tipo de pecado cometido, porém, ainda não conhecido. Algo semelhante àquilo que é pregado [por aí]. Luiz Alexandre Solano Rossi (2008, p.75) comenta:

A teologia da retribuição está assumindo a sua forma e assim permanecerá durante o desenrolar de todo o livro de Jó. O homem pode, sim, ser conduzido a agir por interesse: se ele faz o bem, recebe a felicidade; se pratica o mal, recebe a infelicidade. A vida de fé está a um passo de se transformar em uma relação comercial. A fé pode estar sendo vista a partir de uma prateleira de supermercado, ou seja, Deus se apresentaria como um negociante. A consagrada expressão brasileira do “toma lá, dá cá” se encaixa perfeitamente nessa situação […] Contra essa teologia da retribuição ele (Jó) tem um único argumento: sua experiência pessoal e sua observação da história, na qual a injustiça permanece impune. Sua observação e intuição são corretas: existem somente homens situados no espaço e no tempo, no sentido de que vivem em uma época precisa e em um contexto social, cultural e econômico preciso […] Vejamos um resumo de seus discursos: a) Elifaz sugere que Jó é um pecador; b) Beldade diz abertamente que seus filhos morreram por seus pecados; c) Zofar assegura a Jó que seu sofrimento é menos do que ele merecia; d) Eliú afirma que o sofrimento tem um caráter pedagógico. Eles representam perfeitamente o modo mais comum de se mascarar a verdadeira fé bíblica […].”

 

(GONÇALVES, José. A Prosperidade à Luz da Bíblia: A Vida Cristã Abundante”. Rio de Janeiro: CPAD.)     

 Lições Bíblicas – Jovens Adultos CPAD – 1ºT 2012 – Lição 8

 

Do livro – Missão da Igreja dimensões e efeitos

Jair Walter

“Nosso objetivo deve levar as pessoas a conhecerem a Jesus como seu Senhor e Salvador, e não perder nosso tempo com elementos secundários”.

Anúncios
Esse post foi publicado em Bíblia, Estudo Biblico, Revista CPAD. Bookmark o link permanente.

22 respostas para Uma Teologia de Supermercado

  1. rfbarbosa1963 disse:

    Ruffina, thanks. My contact details are his own blog, now in the final version, which is: “saldaterraluzdomundo.com.br.” The content and posts have not changed, just the layout and visual appearance improved. I thank God for my son and his girlfriend who did this. Anyway, follow my personal address for every contact (rfbarbosa1963@gmail.com).

    Curtir

  2. Roselyn Basch disse:

    Way cool! Some very valid points! I appreciate you writing this article and the rest of the website is also really good.

    Curtir

  3. Wonderful article! We will be linking to this great article on our website. Keep up the great writing.

    Curtir

  4. This is a topic which is close to my heart… Thank you! Where are your contact details though?

    Curtir

  5. Great post! We are linking to this particularly great article on our site. Keep up the great writing.

    Curtir

  6. Can I just say what a comfort to uncover somebody who actually understands what they’re discussing on the net. You certainly realize how to bring a problem to light and make it important. More people need to check this out and understand this side of the story. It’s surprising you aren’t more popular since you most certainly possess the gift.

    Curtir

  7. Howdy! I could have sworn I’ve visited this blog before but after looking at a few of the articles I realized it’s new to me. Anyhow, I’m definitely pleased I came across it and I’ll be bookmarking it and checking back often!

    Curtir

  8. Way cool! Some very valid points! I appreciate you penning this write-up plus the rest of the website is also very good.

    Curtir

  9. Saved as a favorite, I love your website!

    Curtir

  10. Good day! I simply would like to offer you a huge thumbs up for your great info you have got right here on this post. I’ll be returning to your site for more soon.

    Curtir

  11. You should take part in a contest for one of the greatest websites on the net. I am going to recommend this blog!

    Curtir

  12. Excellent site you’ve got here.. It’s difficult to find high quality writing like yours these days. I really appreciate individuals like you! Take care!!

    Curtir

  13. Rossie Zange disse:

    Having read this I thought it was very informative. I appreciate you finding the time and energy to put this information together. I once again find myself personally spending a significant amount of time both reading and posting comments. But so what, it was still worthwhile!

    Curtir

  14. Greetings! Very useful advice in this particular post! It is the little changes that will make the most important changes. Many thanks for sharing!

    Curtir

  15. Magali Zelada disse:

    I’m impressed, I must say. Seldom do I come across a blog that’s equally educative and amusing, and let me tell you, you’ve hit the nail on the head. The problem is something that too few people are speaking intelligently about. Now i’m very happy that I came across this during my search for something relating to this.

    Curtir

  16. This site was… how do you say it? Relevant!! Finally I have found something that helped me. Thanks a lot!

    Curtir

  17. Isa Boker disse:

    The very next time I read a blog, I hope that it does not fail me as much as this one. I mean, I know it was my choice to read, but I genuinely thought you would probably have something helpful to talk about. All I hear is a bunch of crying about something you can fix if you weren’t too busy looking for attention.

    Curtir

  18. An impressive share! I have just forwarded this onto a friend who has been conducting a little homework on this. And he in fact ordered me dinner simply because I discovered it for him… lol. So let me reword this…. Thanks for the meal!! But yeah, thanks for spending some time to discuss this issue here on your website.

    Curtir

  19. Hi! I just want to offer you a huge thumbs up for the excellent info you’ve got right here on this post. I am coming back to your blog for more soon.

    Curtir

  20. Honey Burian disse:

    Everything is very open with a precise clarification of the issues. It was truly informative. Your site is extremely helpful. Thank you for sharing!

    Curtir

  21. I absolutely love your website.. Excellent colors & theme. Did you develop this web site yourself? Please reply back as I’m trying to create my own personal site and would like to learn where you got this from or just what the theme is named. Many thanks!

    Curtir

  22. Quiana Hasko disse:

    You should be a part of a contest for one of the most useful sites on the net. I will recommend this web site!

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s