Estudo de Iniciação Cristã – GERE – A pessoa do Espírito Santo

       Em João 14-17, temos registrado o discurso de despedida de Jesus. Mesmo enfrentando a maior angústia da sua vida, o maior desafio e o sofrimento e morte certos, ele teve o cuidado de preparar os seus discípulos para os eventos que estavam por vir. Mas ainda, ele se preocupou em dar-lhes ânimo para os anos vindouros. Jesus estava para deixá-los. Para onde ele iria os discípulos pela primeira vez em três anos, não poderiam seguir. Era necessário que Cristo voltasse ao Pai. Ele prometeu, porém mandar outro em seu lugar para que seus seguidores nunca estivessem sem a presença de Deus em suas vidas. Aquele que viria seria o próprio Espírito de Deus. Ele continuaria a fazer com os discípulos o que Jesus fazia: guiar, ensinar, etc. Faria ainda mais, pois poderia estar com todos coletiva e individualmente, até o fim dos tempos.

       Deus andou entre nós em forma humana. Mas esta dimensão do seu ministério encerrou-se com a ascensão de Jesus. Agora, Deus está entre nós em espírito. Jesus falou para a mulher samaritana que Deus é espírito. Sua essência é espiritual, por assim dizer. Então, ao falar do Espírito Santo, estamos falando da própria pessoa de Deus. Quem é esta pessoa que se destaca, portanto dos outros membros da Santíssima Trindade, cujo nome pode ser aplicado às outras duas pessoas, ou seja, ao Pai e ao Filho? O Pai conhecemos. Ele falou e o universo veio a ser. O Filho nos mostrou o Pai e andou no meio de nós. Mas quem é esta outra pessoa? A presença de Deus na Igreja é a da Terceira Pessoa da santíssima trindade. Ele fala aos nossos corações, aplica o poder da cruz às nossas vidas, opera milagres e dá dons aos homens. Ele ilumina as escrituras sagradas, convence do pecado, enfim, é o agente divino entre nós – não um poder somente, mas uma pessoa, Deus conosco.

11.1 – A PLENITUDE DO ESPÍRITO SANTO

       Todo cristão é templo do Espírito Santo (1ªCo 3:16), mas a plenitude é algo mais.        Os evangelhos nos mostram que existe ainda um Batismo, que não é realizado por homens, mas pelo próprio Senhor. Ele é quem batiza com o Espírito Santo e com fogo (Mt 3:11, 12//Mc 1:8//Lc 3:16, 17). Em relação ao Batismo no Espírito Santo, a palavra de Deus mostra que existe uma experiência que é totalmente separada, diferente da experiência do Batismo nas águas. Sem querer criar polêmicas em relação a uma experiência tão linda como esta, quero apenas mostrar que precisamos desfrutar desta promessa e que ela é realmente para todos os crentes em Jesus (At 2:4), e que é diferente do Batismo nas águas, visto que, todos (120 cristãos) que estavam reunidos já eram batizados nas águas.

(Jl 2:28//At 1:8; 11:16_18; 19:1_7).

Adhemar de Campos

Falando entre nós
Com salmos e cânticos espirituais
Assim seremos cheios do Espírito
Por certo provaremos
A vontade do Senhor

Porquanto os dias são maus
Sujeitando-nos uns aos outros
No temor de Deus
Preservando a unidade do Espírito
Porque Cristo em sua carne
Desfez a inimizade e de ambos os povos

Celebremos a unidade
Que foi feita lá na cruz
Pela morte de Jesus
Ministremos com alegria sacrifícios de louvor
A Deus o nosso amado Pai

Celebremos a unidade
Que foi feita lá na cruz
Pela morte de Jesus
Ministremos com alegria sacrifícios de louvor
A Deus o nosso amado Pai
A Deus o nosso amado Pai
A Deus o nosso bondoso Pai

11.2 – O PROPÓSITO DA PLENITUDE NO ESPÍRITO SANTO

       É o poder (dínamos) que recebemos para sermos poderosas “Testemunhas” (At 1:8) do Senhor Jesus no mundo. Isto envolve o nosso testemunho verbal e também uma qualidade de vida que produz o testemunho visível a que Jesus se refere em Mt 5:16. “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens para que vejam as vossas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus”. Deus quer que você seja como uma chama viva a arder neste mundo (Mt 3:11, 12). Ele também quer consumir, queimar a palha, purificar, refinar, santificar a sua vida.

      Aqui está um poema maravilhoso que eu gostaria de compartilhar com você. Ele fala a respeito da necessidade do fogo refinador de Deus para nos revelar sua graça:

       Ele se assentou perto de uma chama

       Enquanto observava a preciosa pepita

       Mais perto do fogo a colocava com uma pinça

       E a aquecia cada vez mais.

       Ele sabia que aquela pepita suportaria o teste.

       E queria o ouro mais puro

       Para forjá-lo como a coroa para o rei usar,

       Repleta de jóias de preço inestimável.

       Então, Ele colocou o ouro dentro do fogo

       Mesmo sabendo que poderíamos dizer

       “Não”. E o observava, enquanto a queixa que fizemos

       Se derretia e era retirada.

       E o ouro brilhava cada vez mis e mais

       Mas nossos olhos estavam cheios de lágrimas.

       Nós vimos o fogo, ao invés da mão do mestre

       E o questionamos ansiosos de medo.

       Então o nosso ouro mostrava um brilho mais rico

       À medida que refletia a forma de quem

       Tinha levado a pepita ao fogo, mesmo não sendo visto por nós,

       Com o olhar de inefável amor.

       Podemos achar que agrada ao seu coração amoroso

       Nos causare momentios de dor?

       Não. Mas Ele viu através a cruz atual

       A felicidade do ganho eterno.

       Então, Ele esperou com olhos atentos

       Com um amor que é forte e seguro

       E seu alvo não sofreu recebendo mais calor

       Do que era necessário para torná-lo puro.

-Autor desconhecido

A Benção do Quebrantamento

Charles Stanley

Editora Atos

Anúncios
Esse post foi publicado em Bíblia, Em destaque, Estudo Biblico, Videos e áudios em geral. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Estudo de Iniciação Cristã – GERE – A pessoa do Espírito Santo

  1. *O batismo no espírito Santo não é sinônimo de salvação

    Trata-se de bençãos diferentes. Todos os crentes em Jesus já tem o Espírito Santo. Na regeneração, o Espírito promove o novo nascimento, que é um ato direto do Espírito Santo (Jo 3:6-8). O pecador recebe o Espírito no exato momento em que aceita, de verdade a Jesus (Gl 3:2; Ef 1:13). Os discípulos de Jesus já tinham seu nome escrito no céu (Lc 10:20) e igualmente tinham o Espírito Santo mesmo antes do Pentecostes (Jo 20:22).

    *Definição e propósitos

    O batismo no Espírito Santo é o recebimento de poder espiritual para realizar a obra de expansão do Evangelho em todo o mundo (Lc 24:46-49). O seu propósito é capacitar o crente a viver uma vida cristã vitoriosa e, sobretudo, para testemunhar com ousadia sobre a sua fé em Cristo (At 1:8). É um revestimento de poder para viver a vida regenerada, em poder espiritual que contribui para a edificação interior da vida cristã do crente e que o ajuda quando a mente não pode fazê-lo.

    CPAD – Lições Bíblicas
    3º Trimestre 2017 – Adultos

    Curtir

  2. rfbarbosa1963 disse:

    A. W. Tozer
    “A vida em que o Espírito habita não é uma edição de luxo do cristianismo que deve ser desfrutada por determinados cristãos extraordinários e privilegiados que, por acaso, são melhores e mais sensíveis do que o restante. Ao contrário, é o estado normal para todo o homem e mulher remido em todo o mundo”.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s