Vivendo como um Cristão – Ensinamentos de 1ª Pedro

O que é um cristão? O cenário contemporâneo está inundado de todos os tipos de definições errôneas, cuja maioria é retirada da cultura ao nosso redor. Algumas pessoas acreditam que o cristão é alguém que simplesmente foi purificado e que, por conta disso, tenta agir da melhor maneira possível. Também há quem crie padrões nos quais insiste em encaixar o servo de Cristo. Todavia, o resultado disso é uma mera caricatura sem poder e autoridade, pois o cristão não se enquadra em nenhum arquétipo.

Neste livro, o Dr. Tozer se dirige ao cristão, cujo amor e afeto por Jesus são a paixão que consome toda a sua vida, todos os dias. Ele não escreve sobre o cristão carnal, o qual não se rendeu ao governo do Filho, e sim a respeito daquele que experimentou uma conversão genuína. Ele insiste em afirmar a necessidade de termos total confiança em nossa experiência de conversão, tendo a certeza de que o Espírito Santo nos guiará, dia a dia, no caminho que glorificará o Cristo que morreu por nós.

Nesse ponto, Tozer começa onde a maioria dos escritores termina. A conversão, para esse homem de Deus, não é o fim, mas, sim, o início de uma maravilhosa caminhada de fé, confiança e obras. É interessante fazer uma leitura dos comentários do Dr. Tozer a respeito do capítulo 11 de Hebreus. Enquanto muitos de nós veem essa passagem como o “capítulo da fé”
na Bíblia, ele, em sua maneira de ser inimitável, chama-a de “capítulo das obras”. A fé sem obras é morta, logo é necessário haver um equilíbrio entre a nossa crença e o modo como vivemos. Não podemos ir muito longe caminhando com um pé só – precisamos do equilíbrio de ambos os pés. Tozer nos oferece uma estabilidade espiritual ao descrever a caminhada cristã com base na Palavra de Deus.

Devemos celebrar do que fomos salvos. Termos sido salvos de uma vida de desgraça por Deus deve ser a razão da nossa explosão de louvor e ações de graças. Todavia, o para que fomos salvos é o motivo mais importante da nossa celebração. A caminhada cristã é sempre para frente. É essencial olharmos para Jesus. Todos os redimidos têm um destino específico a cumprir. Descobrir a sua missão e realizá-la no poder do Espírito Santo que habita o seu interior é a alegria da caminhada diária do cristão. Precisamos começar, continuar e, finalmente, terminar no Filho. Jesus Cristo sempre será o nosso tudo. Qualquer coisa fora dEle não faz parte da vida e da caminhada cristã.

Ao longo deste livro, Tozer se dedica a desenvolver o tema da salvação como o plano mestre de Deus para o homem. A preciosidade do Seu plano redentor revela o quanto Ele nos valoriza. A salvação não é casual para o Pai, portanto nós também não devemos entendê-la dessa maneira. Eis uma das ilustrações favoritas de Tozer: não podemos inserir uma moeda em uma máquina, puxar
uma alavanca, retirar uma caixa de salvação e continuar nossa caminhada como antes. É revolucionário o que a salvação faz com a pessoa que abraça Jesus Cristo, tornando a sua caminhada, a partir daquele momento, nada menos do que miraculosa.

O cristão extraordinário é o reflexo da glória da salvação no mundo ao seu redor. Ele, assim como a redenção, é precioso e maravilhoso. A salvação não é um fim em si mesma, mas, sim, um plano que permite ao homem voltar ao centro do amor e do favor de Deus. Tudo o que diz respeito ao servo de Cristo reflete a glória da sua salvação, e então todo o Céu olha com orgulho para essa criatura curiosa cristã.

O homem que professa a sua fé em Cristo Jesus é capaz de suportar tudo o que tentar atingi-lo, inclusive todos os tipos de heresia que têm infestado a Igreja desde o seu começo. Nestas páginas, Tozer descreve as falsas doutrinas, ensinando ao cristão como superá-las e como se defender do ataque ostensivo do arqui-inimigo do cristianismo: o diabo. Ele ensina, inclusive, qual deve ser a atitude cristã diante da perseguição e do sofrimento pela causa de Cristo. O cristão extraordinário está neste mundo, mas não pertence a este lugar.

Portanto, a maneira como ele vive diante dos não salvos é crucial. Não importa o que aconteça, o cristão está acima de toda adversidade e pode descansar na segurança do Filho de Deus, o Vitorioso, devido à sua posição no Cordeiro que está assentado nas regiões celestiais. Dr. Tozer afirmou: “Ninguém, nada, nenhuma circunstância pode prejudicar um homem bom”. Esse “homem bom” é imortal. Ainda que o destino terreno tenha um fim, o destino herdado por meio da salvação continuará para sempre.

James Snyder

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s