A inveja

       A inveja é um desejo de algo que pertence a outro. Em suas manifestações, a inveja está sempre acompanhada pelo ódio, que não tolera a prosperidade nem a alegria do próximo.

   Os crimes mais vorazes do mundo foram instigados pela inveja. A Bíblia revela que, motivado por esse sentimento, Caim comete o primeiro homicídio da história da humanidade, matando seu irmão Abel, por não suportar que o mesmo recebesse e gozasse favores de Deus.

       A Bíblia registra alguns fatos ocorridos através da ação maléfica da inveja: dentre eles, destacamos os seguintes:

  • A prosperidade de Isaque é invejada pelos Filisteus, que entulhavam e enchiam de terra os poços que os servos de seu pai Abraão haviam cavado (Gn 26:14,15).
  • Os apóstolos foram presos por causa da inveja: “E, levantando-se o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja, e lançaram mão dos apóstolos, e os puseram na prisão pública” (At 5:17,18).

       A Palavra de Deus condena a inveja e repreende os invejosos:

Tg 3:14

“Mas, se tendes amarga inveja e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade” .

Pv 14:30

“[…]A inveja é a podridão dos ossos” .

Gl 5:21

“[Os invejosos] não herdarão o Reino de Deus” .

        Precisamos ficar protegidos para evitarmos ser tragados pelo sentimento de inveja:

Aprenda a contentar-se

       “Contentando-vos com o que tendes” (Hb 13:5). O apóstolo Paulo traz-nos uma lição importante quando fala de suas experiências diante das circunstâncias da vida: “[…]Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.” ( Fp 4:11,12).

       É importante entendermos que o contentar-se na Bíblia não significa comodismo ou submissão à pobreza; tampouco significa desculpa para a preguiça e inatividade, pois a Bíblia, em parte alguma, ensina que o homem não deve lutar para melhorar de vida. Contentar-se significa não se deixar ser controlado pelas circunstâncias, mas, sim, fazer uma escolha definitiva acerca do que motivará suas ações.

Melhore sua autoestima

       “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Fp 4:13). A pessoa deve descobrir o seu valor pessoal e a sua capacidade própria para alcançar o que deseja, buscando acreditar em sua capacidade e conseguir realizar-se em todos os aspectos da vida.

Procure apreciar o que vê em outras pessoas

        Devemos apreciar os dons que os outros possuem e saber que Deus tem variados dons para também nos dar:

Rm 12:3-6

Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.
Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação,
Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.
De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;” .

       Descubra seus dons e aprenda  apreciar o que vê em outras pessoas.

Psicologia Pastoral – A Ciência do Conhecimento Humano como Aliada Ministerial

Lidando com as emoções e sentimentos – O caminho para a maturidade emocional

Jamiel de Oliveira Lopes – CPAD

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s