A importância da ressurreição de Jesus Cristo

1ª Tm 1:17

“Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.”

 

       De acordo com as Escrituras, Jesus Cristo “ressuscitou para nossa justificação” (Rm 4:25). Assim, tanto sua morte, quanto sua ressurreição complementam uma a outra, e uma não poderia haver sem a outra para a que a obra fosse completa. Se não tivesse ressuscitado, Ele não passaria de um mártir como tantos outros. “E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados” (1ªCo 15:17). Sua ressurreição também é a garantia do perdão dos pecados: “[…]Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo” (Rm 10:9).

       O novo nascimento do crente fundamenta-se na ressurreição de Jesus: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos” (1ªPe 1:3). A ressurreição de Jesus prova a grande força do poder de Deus (Ef 1:19-20) e que nós, crentes, também seremos ressuscitados (1ªTs 4:14; 2ªCo 4:14), pois a morte foi vencida através de sua ressurreição (1ªCo 15:54_57; Hb 2:14).

       A ressurreição de Cristo atesta o fato de que Ele é Filho de Deus (Rm 1:3_4). O apóstolo Paulo afirma que, se ele não tivesse ressuscitado, a pregação seria vãmente inútil (1ªCo 15:14), pois o túmulo vazio deu certeza aos discípulos de que Ele era o filho de Deus e que o evangelho era a verdade para a qual eles deram suas vidas. Se Ele não tivesse ressuscitado, vossa fé seria inútil (v.14); os apóstolos teriam sido falsas testemunhas (v.15); os crentes continuariam em seus pecados (1ªCo 15:17); e os que morreram pereceriam no Inferno (vv. 18_19). Todavia, eles foram testemunhas oculares de sua ressurreição (At 1:21_22).

       Tanto o nascimento de Jesus quanto sua ressurreição são fatos milagrosos. Dessa forma, foi o milagre da ressurreição de Jesus que deu coragem aos discípulos amedrontados e escondidos por causa de sua morte(*). Eles encheram-se de ousadia para pregar o evangelho e virar o mundo de então de cabeça para baixo.

(*)

Mc 14:50

       “Então, deixando-o, todos fugiram”.

Jo 16:32

       “Mas vem a hora, e já chegou, em que sereis dispersos cada um para a sua casa.”

A Obra da Salvação – Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida – Livro de Apoio das Lições Bíblicas do 4ºT 2017 Adulto CPAD

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s