Alerta: liberdade religiosa está em perigo em Hong Kong

Cristãos ao redor do mundo devem continuar a orar por sabedoria para aqueles que estão no poder enquanto a batalha entre os dois ideais conflitantes continua.

 

A perseguição religiosa não é um subproduto da China continental – é um desafio, e agora o povo de Hong Kong pode em breve ser vítima disso.

Hong Kong está atualmente envolvida em uma violenta e amarga disputa com a República Popular da China, cujo regime continuou a se estender ainda mais à antiga colônia britânica, que foi governada pela Grã-Bretanha por 156 anos até 1997, quando as pessoas de Hong Kong teve permissão para começar a viver livremente e de forma independente em uma sociedade capitalista até 2047 como parte de um modelo (um tanto confuso) de “um país, dois sistemas”.

O atrito entre Pequim e Hong Kong esquentou no início deste verão, quando a executiva Carrie Lam aprovou uma lei de extradição que permitiria a Hong Kong deter e transferir pessoas procuradas em países e territórios com os quais não tem acordos formais de extradição, incluindo Taiwan e a China continental. Enquanto Lam suspendeu o controverso projeto de lei , ela indicou que não tem planos de retirá-lo completamente.

Vale a pena notar que a União Européia pediu esta semana à liderança de Hong Kong que se retire completamente da lei de extradição.

Mas à medida que os protestos continuam e a oposição aumenta, o governo chinês, um regime comunista, prometeu intervir com “sem leniência ou piedade pelos manifestantes”. Pequim até rotulou os manifestantes pró-democracia de “terroristas”.

Grupos cristãos – escolas, hospitais, organizações de defesa – floresceram em Hong Kong. Eles compõem uma parte rica da cultura lá, dado o movimento protestante chegou pela primeira vez em Hong Kong em 1841.

Mas tudo isso está em perigo agora.

A liberdade religiosa é um alicerce de Hong Kong. A perseguição religiosa é fundamental para a China continental. Cristãos ao redor do mundo devem continuar a orar por sabedoria para aqueles que estão no poder enquanto a batalha entre os dois ideais conflitantes continua.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s