A ressurreição dos mortos

       A morte é uma das consequências primárias do pecado, sua punição e castigo. Por essa razão, o mundo inteiro tem de experimentar esse terrível golpe: “Aos homens está ordenado morrerem, uma vez, vindo depois disso, o juízo” (Hb 9:27). Esse é o resultado do pecado original de Adão (Rm 5:12, 17). A morte é inevitável, mas temos promessas de Deus, desde o Antigo Testamento, da nossa libertação desse veredicto: “Deus remirá a minha alma do poder da sepultura, pois me receberá” (Sl 49:15). A ressurreição de Jesus é a garantia de que seremos ressuscitados. O nosso salvador é vivo. Jesus disse: “Porque eu vivo, e vós vivereis” (Jo 14:19). O apóstolo Paulo ensina que: “Se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele” (1ªTs 4:14), e isso vincula a nossa ressurreição à de Cristo.

       O verbo grego mais usado para “ressuscitar”, no Novo Testamento, é egeiro, “despertar, levantar” e o segundo, anístemi, “levantar, levantar-se, ressuscitar”. O substantivo é anástasis, “ressurreição”; de aná, “acima” e “histemi, “pôr em pé”. Ressuscitar, portanto, significa “levantar dentre os mortos”, isso é voltar a viver no mesmo corpo , em uma ressurreição corporal: Aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo também vivificará o vosso corpo mortal, pelo seu Espírito que em vós habita” (Rm 8:11).

A Bíblia fala em duas ressurreições — a dos justos e dos injustos: “E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna e outros para vergonha e desprezo eterno” (Dn 12:2); “Não vos maravilhes disso, porque vem a hora em que todos os que estão no sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; E os que fizeram o mal, para a ressurreição da condenação” (Jo 5:28,29); “Há de haver ressurreição de mortos, tanto dos justos como dos injustos” (At 24:15). A ressurreição dos justos  se dará por ocasião do arrebatamento da Igreja: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (1ª Ts 4:16,17). A ressurreição dos santos é também conhecida como primeira ressurreição (Ap 20:5,6). Ela inclui ainda a ressurreição dos salvos que foram mortos por causa do testemunho que deram de Jesus no período da Grande Tribulação (Ap 20:4). Na linguagem do profeta Daniel e até mesmo na do Senhor Jesus Cristo e do apóstolo Paulo, parece ser simultânea a ressurreição dos justos e injustos. Mas o contexto mostra  que se trata de duas ressurreições num intervalo de mais de mil anos entre elas. Isso só vai acontecer depois do Milênio: ” Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram” (Ap 20:5). Essa ressurreição é para o Juízo Final e inclui todos os incrédulos desde o princípio do mundo (Ap 20:12,13).

 

NOTA IMPORTANTE: Algumas palavras em grego estão digitadas sem as vogais, pois não encontrei um tradutor português/grego que pudesse repassar para o wordpress. 

A Razão da Nossa Fé – Assim cremos, assim vivemos – Livro de Apoio das Lições Bíblicas do 3ºT 2017 Adulto CPAD  

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Bíblia, Diversos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A ressurreição dos mortos

  1. A nossa Ressurreição

    A nossa ressurreição

    1ªCo 15:12-22

    A NOSSA RESSURREIÇÃO

    “Se a nossa mensagem é que Cristo foi ressuscitado, como é que alguns de vocês dizem que os mortos não vão ressuscitar?

    Se não existe a ressurreição de mortos, então quer dizer que Cristo não foi ressuscitado.

    E, se Cristo não foi ressuscitado, nós não temos nada para anunciar, e vocês não têm nada para crer.

    E mais ainda: nesse caso estaríamos mentindo contra Deus, porque afirmamos que ele ressuscitou Cristo. Mas, se é verdade que os mortos não são ressuscitados, então Deus não ressuscitou Cristo.

    Porque, se os mortos não são ressuscitados, Cristo também não foi ressuscitado.

    E, se Cristo não foi ressuscitado, a fé que vocês têm é uma ilusão, e vocês continuam perdidos nos seus pecados.

    Se Cristo não ressuscitou, os que morreram crendo nele estão perdidos. Se a nossa esperança em Cristo só vale para esta vida, nós somos as pessoas mais infelizes deste mundo.

    Mas a verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados.

    Porque, assim como por meio de um homem veio a morte, assim também por meio de um homem veio a ressurreição.

    Assim como, por estarem unidos com Adão, todos morrem, assim também, por estarem unidos com Cristo, todos ressuscitarão.”

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s