OS DIREITOS E DEVERES DOS SERVOS E DOS SENHORES

Deveres dos Servos

Obedecer.

  • Cl 3:22

“Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.”

Servindo em simplicidade de coração.

  • Cl 3:22

“Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.”

Fazer de todo o coração, como ao Senhor.

  • Cl 3:23

“E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens,”

Recompensa da herança.

  • Cl 3:24

Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.”

Quem faz injustiça receberá em troco a injustiça feita.

  • Cl 3:25

Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pessoas.”

O servo não é maior do que o seu Senhor.

  • Jo 13:16

“Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou.”

Considerar os Senhores dignos de duplicada honra.

  • 1ªTm 6:1

Todos os servos que estão debaixo do jugo estimem a seus senhores por dignos de toda a honra, para que o nome de Deus e a doutrina não sejam blasfemados.”

Não desprezar os Senhores crentes.

  • 1a Tm 6:2

E os que têm senhores crentes não os desprezem, por serem irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que participam do benefício, são crentes e amados. Isto ensina e exorta.”

Deveres dos Senhores

Dar aos Servos o que é de justiça e equidade.

  • Cl 4:1

“Vós, senhores, fazei o que for de justiça e equidade a vossos servos, sabendo que também tendes um Senhor nos céus.”

Deixar as ameaças.

  • Ef 6:9

“E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.”

Justiça: Virtude que consiste em dar a cada um o que de direito lhe pertence.

Equidade: Igualdade e moderação. Justiça natural, que faz com que se reconheça imparcialmente o direito de cada um.

Não ser rigoroso.

  • Lv 25:43

Não te assenhorearás dele com rigor, mas do teu Deus terás temor.”

Usar de humildade.

  • Jo 13:13_15

“Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.
Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.
Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.”

Direitos dos Servos

Ser tratado em igualdade com o seu semelhante (equidade).

  • Cl 4:1

“Vós, senhores, fazei o que for de justiça e equidade a vossos servos, sabendo que também tendes um Senhor nos céus.”

Ser tratado com justiça e sem ameaças.

  • Cl 4:1

Vós, senhores, fazei o que for de justiça e equidade a vossos servos, sabendo que também tendes um Senhor nos céus.”

Equidade=Imparcialidade

Receber do Senhor a recompensa da herança.

  • Cl 3:24

Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.”

Direitos dos Senhores

Ser tratado com respeito e moderação.

  • 1a Tm 6:2

E os que têm senhores crentes não os desprezem, por serem irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que participam do benefício, são crentes e amados. Isto ensina e exorta.”

Julgar segundo os padrões divinos.

Ser honrado pelos Servos.

 

Tribunal-de-Justica

Convém ao cristão lutar por seus direitos na justiça?

O assunto proposto seria trivial, se não causasse em muitos cristãos um certo conflito, proveniente da informação de que devemos viver separados do mundo, de tal modo que nada do que for do mundo possa nos servir. Mas não é assim, pois o Senhor Jesus em sua oração sacerdotal (Jo 17) rogou ao Pai não para que nos tirasse do mundo, mas para que nos guardasse do mal (verso 15). Também ensinou que o crente é o “sal da Terra e a luz do mundo” (Mt 5:13-14). Ora, o sal exerce sua missão não quando está no saleiro, mas quando se encontra fora dele. Igualmente a luz se torna útil quando serve para clarear as trevas.

Esse ensino nos remete inevitavelmente ao convívio em sociedade, procurando nos preservar, no entanto, da contaminação de seus mundanismos, conforme os exemplos de José e Daniel nas cortes do Egito e da Babilônia respectivamente. Tão influentes foram esses homens de Deus naqueles ambientes, quanto separados. Por influência de Daniel, o conhecido matemático Pitágoras, em sua biografia, narra ter sido seu aprendiz, adotando até mesmo seu hábito alimentar.

Acerca das demandas, a Bíblia nos traz dois panoramas distintos. O primeiro se configurou quando a nação de Israel caminhava rumo a Canaã. Jetro, sogro de Moisés, deu-lhe um conselho, da parte de Deus, para constituir juízes que fossem escolhidos dentre o povo mesmo (Ex 18:13-26). O segundo caso ocorreu na época em que se iniciava a Igreja Primitiva — que emergia do meio do paganismo gentílico e do ceticismo judaico, os quais detinham na época o poder de julgar. O apóstolo Paulo recomendou que os irmãos solucionassem seus próprios litígios (1ªCo 6:1-8). É evidente que a preocupação do grande apóstolo era pastoral e não jurídica, porque naquele momento histórico sabia que os crentes em Jesus deveriam dar um testemunho de superioridade e separação em relação àquela sociedade gentílica e pecaminosa. Naquela ocasião, os apóstolos, de certa forma, repetiam o feito de Moisés na condução do povo de Deus, primeiro para fora do Egito espiritual, depois rumo à Canaã celestial. Portanto, não poderia o cristão, com sua vida completamente transformada, com novos valores existenciais dados por Jesus, submeter-se a um julgamento feito por homens sem esses valores, sem Deus, e muitas vezes até sem o devido senso de justiça.

Os cristãos primitivos não poderiam submeter suas demandas ao julgamento dos rabinos, porque seriam hostilizados como seguidores daquele que os havia chamado de guias de cegos e sepulcros caiados. Também não pelos juízes romanos, porque o fato de não serem cidadãos romanos representava o risco de não receberem julgamento com justiça. Observe o exemplo do próprio Pilatos em relação a Jesus: mesmo não vendo nele falta alguma, entregou-o à morte, sem qualquer processo, sem qualquer defesa. O conselho de Paulo serviria ainda hoje, por exemplo, para uma comunidade cristã que vivesse no meio de uma sociedade islâmica. Todos os julgamentos dessa sociedade são feitos a partir das leis islâmicas, que diferem em muito do Cristianismo verdadeiro.

Hoje, porém, vivemos em um país que se diz cristão, apesar dos devaneios da sociedade brasileira. Sua organização política estabelece a igualdade entre todos os cidadãos (art. 5º da Constituição Federal) e que qualquer ameaça ou lesão ao direito civil “não poderá ser excluído da apreciação pelo Poder Judiciário” (art. 5o, XXXV, CF). É importante lembrar que muitos homens e mulheres crentes em Jesus participaram do processo de redação da nossa Constituição Federal.

O cristão deve entender que as autoridades foram instituídas por Deus (Rm 13:1) e que os juízes foram suscitados pelo Senhor para trazer solução humanamente possível ao sofrimento e opressão do povo (Jz 2:16-18; 1ªCr 17:9-10). Isso agrada a Deus. É um verdadeiro sacerdócio, obra que cabe ao homem realizar. O que é para o homem fazer, normalmente Deus não faz.

Conforme Lv 19:15; Dt 16:18-20, 24.17, 25.1 e Pv 11:1, a Bíblia traça todo um perfil ético de como deve se comportar um magistrado (Deontologia) para o julgamento das demandas.

Parafraseando o escritor aos Hebreus, os tribunais terrenos são como sombra (Hb 8:5) do grande tribunal divino, que se haverá de instalar para julgamento dos homens (2ªCo 5:10). Porém, a Bíblia nos ensina que as coisas espirituais se discernem espiritualmente (1ªCo 2:14), não devendo ser misturadas com as seculares.

Jesus usou a parábola dos dez servos e das dez minas como indicativo de que devemos conduzir nossas vidas conforme a nossa necessidade. “Negociai até que eu venha” (Lc 19:13b). Se alguém invadir nossa propriedade para espoliá-la, temos o dever de proteger nossa família e tudo o que o Senhor nos tem dado, recorrendo, se preciso for, à justiça humana, mas em atitude de oração, para que a mão do Senhor seja conosco. Se nesse ínterim o Senhor voltar para arrebatar a Igreja, muito melhor, pois dessa forma as coisas seculares terão terminado.

Devemos entender que as coisas de César são de César, e as de Deus, de Deus. Não se misturam. Umas seculares, outras espirituais e, desde que perante os homens e as instituições do país nos comportemos como filhos amados de Deus, guardando bom testemunho, em nada teremos afetada a nossa vida espiritual e nosso relacionamento com o Senhor. Portanto, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus de modo a impedir o pleno exercício da cidadania brasileira, sendo perfeitamente lícita e compatível com a vida cristã a busca de direitos perante a Justiça.

Pb. Gamaliel Seme Scaff

Juiz de Direito

Coordenador de Música da Assembleia de Deus – Curitiba/PR

http://www.cacp.org.br/convem-ao-cristao-lutar-por-seus-direitos-na-justica/

Esse post foi publicado em Bíblia, Diversos, Ministério CACP, Trabalho, Videos e áudios em geral. Bookmark o link permanente.

24 respostas para OS DIREITOS E DEVERES DOS SERVOS E DOS SENHORES

  1. “Os homens e as mulheres da era moderna se rebelam contra as autoridades tradicionais que lhe são impostas. A ideia geral de obediência às ordens e à autoridade sempre foi uma questão difícil para a humanidade decaída, mas, no clima igualitário do mundo de hoje, essa noção é, para muitos, simplesmente absurda. Desejamos ser pessoas autônomas, não sujeitas a nenhuma regra, superior a nossa autodeterminação. A rebeldia contemporânea contra a autoridade pode ser vista em diversos setores como governo, educação, lar e igreja.”

    Do livro “ Anatomia da Pregação” – David L. Larsen – Editora Vida

    Curtir

  2. “Uma coisa é atuar como servo; outra coisa muito diferente é ser servo.”

    “Para que o serviço seja serviço é preciso que ele tome forma e conformação no mundo em que vivemos. Portanto, devemos buscar perceber qual a semelhança do serviço no mercado de nossa vida diária.”

    “Se todo serviço que prestamos é feito perante outros, seremos em realidade pessoas superficiais. Ouçamos a orientação espiritual de Jeremias Taylor: “Tenha um grande apreço o ficar escondido, e pouco estimado: alegre-se com a falta de louvor; nunca se perturbe quando for desconsiderado ou depreciado…” O anonimato é uma censura à carne e pode desferir um golpe fatal ao orgulho.”

    Celebração da Disciplina – O caminho do Crescimento Espiritual

    Richard J. Foster

    Curtir

  3. Quando do meu retorno à Petrobras/REDUC, após um período longo de afastamento (aproximadamente 350 dias de licença médica)devido a um AVC (Acidente Vascular Cerebral), com sequelas permanentes de Hemiparesia ( https://pt.wikipedia.org/wiki/Hemiparesia, https://www.efdeportes.com/efd132/acidente-vascular-encefalico-na-alteracoes-na-marcha.htm) dos membros inferiores direitos(derivada de um comprometimento cronico parcial do nervo fibular inferior direito, detectado em exame de eletroneuromiografia dos membros inferiores (***)e incontinência urinária devido a uma bexiga neurogênica (https://medicoresponde.com.br/bexiga-neurogenica-quais-as-causas-sintomas-e-tratamento/), fui informado pela minha gerência e profissionais da área de saúde ocupacional que durante o meu afastamento devido a enfermidade, foi formada uma comissão chamada “COMISSÃO DE READAPTAÇÃO PROFISSIONAL”, envolvendo várias gerências, inclusive o SINDIPETRO REDUC, os quais decidiram da minha transferência da REDUC para o CENPES. Mesmo porque a REDUC é uma área industrial em que a todo momento entram veículos de pequeno porte, ônibus, caminhões para carga e/ou descarga de derivados de Petróleo. Tendo inclusive simulados de evacuação de área com a brigada de incêndio e profissionais da área e o próprio corpo de bombeiros.

    (***)=A Eletroneuromiografia é um método de diagnóstico neurofisiológico usado na avaliação diagnóstica e prognostica das doenças dos nervos periféricos, plexos, raízes, neurônios motores espinhais, além dos músculos e junções neuromuscular.

    O Exame consta dos testes de neurocondução (condução nervosa sensitiva e motora, ondas F e reflexos Hde raízes cervicais ou lombares) e do exame eletromiográfico com agulha.

    Durante o estudo da condução nervosa breves choques elétricos são aplicados em locais específicos no membro superior ou inferior para determinar como os nervos estão conduzindo a corrente elétrica e conseqüentemente em que condições eles se apresentam. O choque elétrico é tolerável e seguro, e a resposta é obtida através de eletrodos colados sobre a pele.

    A segunda parte do exame é a eletromiografia, um procedimento que utiliza um eletrodo de agulha, para testar a atividade muscular para identificar se houve algum dano a ele em conseqüência do problema do nervo ou se a doença envolve o próprio músculo. Geralmente 4 a 6 músculos são estudados por extremidade. O registro é realizado quando o músculo está em repouso e quando está contraindo; A fase da contração é realizada a partir de movimentos específicos orientados pelo médico.

    O procedimento dura entre 30-60 minutos (2-5 minutos por músculo). Potenciais auto-gerados também ocorrem naturalmente para a gravação, além do “choque” artificial. Avaliar a velocidade de condução de um nervo, juntamente com os potenciais de teste, permite um diagnóstico benéfico que pode detectar problemas de dor e sensoriais no nível neuromuscular.

    Uma vez transferido da REDUC/CENPES, foram solicitados pelo Setor de Saúde Ocupacional do CENPES, antes da minha aposentadoria., vários laudos, a saber:
    -Laudo junto a minha neurologista clínica;
    -Laudo com o meu urologista;
    -Laudo com a minha ortopedista/fisioterapeuta;
    -Laudo junto a um neurocirurgião/neurologista indicado pela empresa;
    -Laudo junto a um ortopedista/fisioteraputa indicado pela empresa;
    -PPP realizado por um profissional indicado pela empresa, que no meu caso, foi a Dra Maria das Vitórias em 31/03/2014, que atua na Stop Multi Clínica na Tijuca(Clínica de Psicologia).
    Então resolvi escanear o laudo da Dra Maria das Vitórias nesta postagem, e claro os outros diversos laudos também foram entregues e anexados aos meus documentos da área de saúde ocupacional.

    POR QUE REGISTREI ISTO TUDO????

    R= Foi cansativo, esgotante e angustiante todo este processo, principalmente porque estou em um processo de readaptação do meu corpo em face da minha bexiga neurogênica, precisando dosar o volume de líquido diário para ingestão sem precisar sair correndo para um mictório.

    No meu caso, acredito eu, pela minha experiência profissional e como celetista sempre procurando ser cumpridor dos meus deveres profissionais, desnecessário.

    Tanto isto é verdade, que o Capovilla, gerente Setorial de REDUC, juntamente com a assistente social e se não me falha a memória, outra profissional da área de saúde, procuraram me readaptar, no próprio setor de trabalho pois eles conheciam o cidadão trabalhador, a minha retidão como profissional da área de química por mais de 20 anos, mas foram voto vencido. Outrossim, na minha despedida todos os colegas em geral fizeram uma festa surpresa. Foi de certa forma, emocionante e alegre a minha despedida. Ficou um sentimento do dever cumprido.
    Pv 17:17
    “Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão.”

    De certa forma, entendo eu, a transferência da REDUC para o CENPES, foi providência divina, mesmo porque lá no CENPES há também um CEPE (Clube dos Empregados da Petrobrás), localizada atrás do mesmo, que possuía uma academia, denominada ESPAÇO BEM ESTAR, com vários aparelhos de ginastica e o gerente, chamado Henrique, além de professor de educação física era também fisioterapeuta.

    Bem, então ao saber disto conversei se Ele, juntamente com os professores de educação física poderiam me passar uma série de atividades na academia semelhante as atividades que fazia inicialmente na FISIOMED, e depois que retornei ao magistério à noite, na COTRIN.

    Obviamente, que precisei de ter uma autorização do pessoal da área de Saúde ocupacional, conforme orientação dele e logo depois desta autorização, iniciei estas atividades no horário de almoço, me trazendo um grande alívio, pois não precisava ir na clinica fisioterápica, após o expediente.

    Glória a Deus.

    Passando um tempo, comecei a pratica da natação na piscina do CEPE, após o expediente.

    Então procurei agilizar a minha aposentadoria, providenciando documentos diversos para enfim me aposentar e a partir deste momento ter tempo para eu me tratar.

    Louvado seja Deus.

    Segue em anexo o resultado do  meu PPP e o laudo da Dra Maria das Vitórias, conforme solicitação do pessoal da área de Recursos Humanos da Petrobras/CENPES:

    PPP

    Curtir

  4. Deveres=Direitos
    Privilégios=Benefício recebido, sem dar nada em troca.
    Individualidade=Saudável
    Individualismo=Mau(Egocentrismo, Antropocentrismo)

    Curtir

  5. Republicou isso em Sal da Terra e Luz do Mundoe comentado:

    Acrescentei um texto “Convém o cristão lutar por seus direitos na justiça?”, do CACP (Centro Apologético Cristão de Pesquisas).

    Muito bom o texto, do Pb Gamaliel Seme Scaff, Juiz de Direito e Coordenador de Música da Assembleia de Deus – Curitiba/PR

    Curtir

  6. Pingback: Revisões, atualizações e comentários nas postagens | Sal da Terra e Luz do Mundo

  7. rfbarbosa1963 disse:

    Vou traçar agora comentários deste post associado a saúde ocupacional. Mais especificamente a minha saúde ocupacional.

    Saúde Ocupacional, o que é?

    R=Saúde Ocupacional consiste na promoção de condições laborais que garantam o mais elevado grau de qualidade de vida no trabalho, protegendo a saúde dos trabalhadores, promovendo o bem-estar físico, mental e social, prevenindo e controlando os acidentes e as doenças através da redução das condições de risco.

    A saúde ocupacional não se limita apenas a cuidar das condições físicas do trabalhador, já que também trata da questão psicológica. Para os empregadores, a saúde ocupacional supõe um apoio ao aperfeiçoamento do funcionário e à conservação da sua capacidade de trabalho.

    Os problemas mais frequentes dos profissionais que lidam com a saúde ocupacional são as fraturas, os cortes e as distensões por acidentes no trabalho, os distúrbios por movimentos repetitivos, os problemas de visão e de audição e as doenças causadas pela exposição a substâncias anti-higiênicas ou radioativas, por exemplo. Também se podem deparar com o stress causado pelo trabalho ou pelas relações laborais.

    Convém destacar que a saúde ocupacional é um tema importante para os governos, os quais devem garantir o bem-estar dos trabalhadores e o cumprimento das normas no âmbito do trabalho. Para tal, é hábito realizarem inspeções periódicas de modo a determinar as condições mediante as quais são desenvolvidos os vários tipos de atividades laborais.

    Ao retornar ao trabalho após o afastamento de 17/04/2006 à 26/03/2007 em um total de 347 dias devido a uma hemorragia cerebral secundária a doença de Moya Moya, tendo como sequela hemiparesia direita com incontinência urinária e espasticidade, necessitando caminhar com apoio e atividades fisioterápicas contínuas, fui informado pelo meu gerente que foi formada uma comissão chamada “COMISSÃO DE READAPTAÇÃO PROFISSIONAL” os quais decidiram pela minha transferência da REDUC para o CENPES.
    Atualmente trabalho na gerência da PDEDS/BIO e como faço parte do Grupo de Risco de Doenças Coronarianas tenho direito a atividades físicas contínuas no CPS(Centro de Processamento de Saúde) no Espaço Bem Estar, uma academia com vários equipamentos e recursos para atividades físicas , tendo o acompanhamento de profissionais da saúde, mais especificamente professores de Educação Física.

    “Há momentos em que não basta estar ao lado dos irmãos, é preciso colocar-se no lugar deles”.

    Curtir

  8. Hello there! Perform you manipulate Twitter? I’d comparable to follow you if that would be tolerable. I’m totally enjoying your blog and look to the fore to new updates.

    Curtir

  9. I was same pleased to find this web-site.I wanted to thanks for your time used for this magnificent read!! I certainly enjoying each little tad of it and I have you bookmarked to ensure made known new gear you blog post.

    Curtir

  10. Issac Cruell disse:

    Just got a Blogger account, it works first-class, excluding how perform I locate dissimilar users blogs I similar to with search. I retain information here is a way, other than I am not considering it currently. Thanks for your help..

    Curtir

  11. How perform i change a Joomla template to essential html/css template?

    Curtir

  12. Hello just wanted to give you a quick heads up and let you know a few of the pictures aren’t loading correctly. I’m not sure why but I think its a linking issue. I’ve tried it in two different internet browsers and both show the same results.

    Curtir

  13. Hello here, You will have ended an unimaginable job. I will certainly digg it and personally urge to my friends. I’m sure they will be present benefited from this web site.

    Curtido por 1 pessoa

  14. Spot on with this write-up, I truly think this website needs far more consideration. I’ll probably be once more to read rather more, thanks for that info.

    Curtido por 1 pessoa

  15. Hi, Neat post. There’s an issue with your site in internet explorer, would test thisˇK IE still is the market chief and a huge portion of other folks will leave out your fantastic writing due to this problem.

    Curtir

  16. linivi Yigin disse:

    I ewekky wnjey wxemining wieh ehit inewenwe inewenwe tiew, ie het wentwefuk bkegpetet.

    Curtir

  17. This is the greatest muddle blog I have read.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s