APOSTILA COMPLETA DO ESTUDO DE INICIAÇÃO CRISTÃ

Atualizei o curso em 10/09/2018, como descrito no link abaixo:

GERE-ESTUDO-DE-INICIAÇÃO-CRISTÃ + Link dos hinos + Correções em Geral

Óbvio que este material foi exaustivamente organizado e montado visando acima de tudo à edificação dos santos. Lembrando que esta apostila não deve substituir o estudo sistemático e continuo em cada escola dominical. É um material de apoio, de complementação para quem está começando a caminhada cristã.

Outrossim, o GERE é um grupo evangélico sem as características especificas de uma determinada denominação.
Apesar de minha origem protestante ser a IPNV (Igreja Pentecostal de Nova Vida), o grupo evangélico da REDUC é frequentado desde a seu inicio, por homens e mulheres de várias denominações, sendo pentecostais ou não, tradicionais ou renovadas e cujos ensinamentos estão contextualizados com as cinco solas. O link abaixo contem as cinco solas, ok.

https://wp.me/pViQl-ay

Outra coisa, é obvio que devido a minha origem protestante ser a IPNV, o curso de iniciação cristã do GERE, que preparei durante o processo de transferência da minha pessoa da REDUC para o CENPES, contem elementos dos anos que congreguei na IPNV. Um exemplo clássico disto é a forma do curso, com perguntas e respostas. Algo presente nas apostilas do SETEB (Seminário Teológico de Base) da IPNV, do qual exerci o magistério eclesiástico, durante os anos que fui membro da mesma.

Por que fiz isto????

Se as reuniões do GERE ocorrem nos intervalos de almoço, ou seja, uma (1) hora e nesta hora, separo 30 minutos para a refeição e 30 minutos para a reunião do Grupo evangélico, o modelo de perguntas e respostas, favorece o aprendizado da pessoa, sem interferir nas suas responsabilidades funcionais.

É um modelo, que entendo ser eficaz, porém podemos vir a ter outros líderes tanto do grupo evangélico da REDUC, como de outros lugares, que podem vir a seguir ou mesmo aperfeiçoar o modelo que deixei.

O mais importante é dar um alimento sadio, reto, dentro do contexto aonde Ele está sendo ensinado. Se realmente nós somos o sal da terra e a luz do mundo, devemos ser purificados de toda e qualquer insipidez.

No contexto do trabalho secular, sermos pessoas cumpridoras das nossas responsabilidades funcionais, dando honra a quem honra, temor a quem temor e realizar as nossas funções não como por obrigação, mas com alegria, zelo.

       Lembro-me de um texto,

1ª Pedro 2:1_5

“Deixando, pois, toda a malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações,
Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo;
Se é que já provastes que o Senhor é benigno;
E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa,
Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.”

O apóstolo São Pedro escreve no versículo 2:

Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo;”

       Com o objetivo de crescimento para a salvação.

       Escrevo isto, pois nós estamos no mundo, não somos do mundo, mas estamos no mundo e precisamos compreender continuamente que o mundo literalmente está no maligno.

1ª João 5:19

“Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.”

     Sem Jesus no coração as pessoas ficam como que tateando no escuro, procurando solução para os seus problemas, indagando sobre o que vem depois da morte.

       É isto que está muito bem sintetizado no post “A outra vida”.

https://saldaterraeeluzdomundo.wordpress.com/cinco-coisas-que-voce-precisa-saber/a-outra-vida/

    O autor faz questão de usar um animal (cão) para comparar com as nossas esperanças, ou seja, para quem está em Cristo, sabemos que do outro lado encontraremos o Senhor Jesus. Isto é suficiente.

       Há um detalhe, Jesus foi crucificado fora dos muros de Jerusalém.

Hb 13:12

“Assim, Jesus também sofreu fora das portas da cidade, para santificar o povo por meio do seu próprio sangue.”

        O próprio escritor de Hebreus escreve no versículo seguinte:

Hebreus 13:13_14

“Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério.

Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a futura.”

      Na prática, isto significa que muitas das vezes nós cristãos padecemos fora das portas de Jerusalém, ou seja, longe das nossas igrejas, denominações, dos nossos templos quando todos que possuem algo em comum estão reunidos quer seja para entoar canções de louvor e adoração, quer seja, para ouvir as instruções bíblicas em escolas dominicais e as mensagens de Deus vindas de um Pastor ou Presbítero do púlpito.            

      Lembrando o que escrevi no 2º parágrafo que este é um material de apoio, de complementação para quem está começando a caminhada cristã, ou seja, procurei passar o mais puro leite espiritual, parafraseando 1ªPe 2:2.

       Esta é a minha esperança e oro a Deus continuamente para que este material esteja sendo semeado em terra bem adubada, com seus nutrientes para que produza mudança de caráter, produza frutos pacíficos como descrito em gálatas.

      E as pessoas do mundo sem Jesus sejam impactadas, influenciadas positivamente pelo nosso testemunho de vida consagrada, quebrantada, transformada.

       Nós somos testemunhas vivas da grande benevolência divina. Nós, dessa maneira podemos cumprir o ide do Sr Jesus que ecoa pelos séculos e séculos até que Ele volte.

Lucas 24:46-49

“E lhes disse: “Está escrito que o Cristo haveria de sofrer e ressuscitar dos mortos no terceiro dia,
e que em seu nome seria pregado o arrependimento para perdão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém.
Vocês são testemunhas destas coisas.
Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto””.

Lembrando, o que está escrito em:

1ª Pe 4:15-19

“Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios.
Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome.
Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e, se começa primeiro conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?
E, “se ao justo é difícil ser salvo, que será do ímpio e pecador? “
Por isso mesmo, aqueles que sofrem de acordo com a vontade de Deus devem confiar suas vidas ao seu fiel Criador e praticar o bem.”

         Finalizando, escrevo um texto descrito em 1ª João:

1ª Jo 2:15-17

“Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.
Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.
O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.”

O mundo, no contexto da mensagem é o mundo sem Jesus, é o mundo que Jaz no maligno.    

E o autor cita: Tudo o que há no mundo, 

-a concupiscência da carne…       

Lembrando-se do Jardim do Éden:

Gn 2:15-17

“O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo.
E o Senhor Deus ordenou ao homem: “Coma livremente de qualquer árvore do jardim,
mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá”.

a concupiscência dos olhos…

 Gn 3:6

E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.” 

e a soberba da vida…       

O homem ou a mulher sem Jesus é literalmente soberbo. 

       Um exemplo de soberba é o rei Nabucodonosor e Belsazar, seu filho descrito em Daniel capítulo 5.

Pv 29:23

       “A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra”.

        Nós não somos eremitas, nós somos seres gregários, que se relacionam uns com os outros seres humanos, quer seja, parentes, amigos e amigas, vizinhos e vizinhas, colegas de trabalho, irmãos na fé, etc… e nesses relacionamentos, podemos adquirir práticas, dogmas, comportamentos, costumes que afrontam os ensinamentos das escrituras sagradas.

 1ªCo 15:33

       “não vos enganeis, as más conversações corrompem os bons costumes.”

        Por isto, é tão importante permanecer em Cristo. E como podemos permanecer senão lendo, meditando, estudando a palavra escrita de Deus continuamente.

       Vivemos em uma nação em que há liberdade religiosa. Há vasta literatura bíblica em lugares apropriados nos diversos rincões desta nação.

       Igualmente, os meios de comunicação favorecem o estudo bíblico e aprendizado. Basta observar a internet e veremos que há vastidão para se conhecer os ensinamentos bíblicos, porém há um senão.

       Vou usar um exemplo da química, pois exerço o magistério nesta área.

        Duas condições são essenciais para que ocorra uma reação química qualquer. Não basta ter apenas uma das condições. São necessárias as duas condições para que as reações químicas aconteçam, genericamente falando:

 1ª Condição

 -Contato

        Só irão acontecer reações químicas se pelo menos duas substâncias estiverem em contato uma com a outra.

 2ª Condição

 -Afinidade

        Além de contato é necessário que haja afinidade entre essas substâncias.

         Vou usar um exemplo simples:

        O ouro (Auº) metal nobre pode ter contato com o ar, porém não há reação, pois não há afinidade do metal nobre ouro (Auº) pelo ar atmosférico.

        O ferro, em contrapartida, se estiver em contato com o ar atmosférico, literalmente se oxida (genericamente falando “enferruja”), porém, se usarmos um agente protetor para este metal (Por exemplo: tinta), apesar de o ferro ter afinidade pelo ar atmosférico, o mesmo não se oxida (genericamente falando “enferruja”), pois não há contato do metal ferro (Feº) com o ar atmosférico, ou seja, o ar atmosférico tem contato com a tinta apenas, pois o metal está protegido.

        A tinta que reveste o metal ferro, por exemplo, tem duas funções, sendo a principal a proteção. A segunda função também importante, mas não essencial é a beleza.

         Trouxe este exemplo de forma sucinta para explicar duas coisas:

1º) O evangelismo precisa sempre ter duas condições básicas para ser eficaz.

 a) AFINIDADE

      Nós não sabemos quem tem afinidade pelo evangelho, pelas boas novas do reino de Deus, por isto precisamos em todo lugar anunciar as boas novas da salvação mediante a fé em Cristo Jesus a todos os homens de todas as nações.

 b) CONTATO

        Jesus, em um determinado momento respondeu aos fariseus que questionaram os discípulos que estavam entoando louvores a Deus:

Lucas 19:37-40

“Quando ele já estava perto da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos começou a louvar a Deus alegremente, em alta voz, por todos os milagres que tinham visto. Exclamavam:
“Bendito é o rei que vem em nome do Senhor! ” “Paz no céu e glória nas alturas! “
Alguns dos fariseus que estavam no meio da multidão disseram a Jesus: “Mestre, repreende os teus discípulos! “
“Eu lhes digo”, respondeu ele, “se eles se calarem, as pedras clamarão””.       

Precisamos nos lembrar sempre que estamos no mundo, literalmente fora dos muros de Jerusalém, assim como o Senhor Jesus quando foi crucificado.

Muitas das vezes, nós, podemos ser crucificados, ser questionados ou apedrejados não porque cometemos um delito, um crime, um adultério, como a mulher apanhada em adultério e que os fariseus questionaram o Senhor Jesus e a resposta do mestre foi sucinta.

       Mas se nós permanecermos em Cristo, sempre, Ele há de nos dar o refrigério a seu próprio tempo, querendo Ele.

Voltando a:

1ª Pe 4:15,16

“Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios.
Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome.”

AUTODISCIPLINA

A BATALHA TEM SEU INICIO NA MENTE

(Cl 3:1_14)

A batalha inicia na mente. Paulo argumenta que, uma vez que nós nos encontramos em nova condição de vida, devemos também ter uma nova perspectiva (Cl 3:1). Mudança e aperfeiçoamento permanentes acontecem de dentro para fora. Observe quais são as prescrições de Paulo para que se alcance a autodisciplina:

  1. Relembre-se de sua identidade (v.1): nós devemos, em primeiro lugar, pôr o foco em nossa nova condição em Cristo. Tudo tem seu início aí.
  2. Renove seu modo de ver a vida (v.2): nós devemos focar nossa mente nas coisas lá do alto. É preciso estabelecer novos modelos interiores.
  3. Reconheça que a sua velha vida acabou, que está morta(vs. 3_7): as mudanças não acontecerão se nós mantivermos vínculos com nossos velhos modelos de vida e conduta.
  4. Abandone velhos hábitos (vs. 8_11); nós devemos nos despojar das coisas antigas, assim como nos despimos de velhas roupas.
  5. Substitua as coisas velhas por novas (vs. 12_14); nós vamos conseguir nos livrar de velhos hábitos apenas quando colocarmos novos em seu lugar.
  • O pecado não é externo e sim interno. Não é um sentimento ou desejo involuntário. É um ato ou estado voluntário da mente.
  • O pecado é nada menos do que aquela escolha voluntária e fundamental, aquele estado de submissão ao agrado próprio, donde procedem as volições, as ações externas, os propósitos, as intenções, enfim todas as causas que são comumente chamados pecado.

Da Bíblia da liderança Cristã.

Se nós nos calamos as pedras clamarão. Vamos esperar que isto aconteça?      

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade.

Escrito e concluído em fevereiro de 2013, o link deste estudo alcançou em 08/12/2017 a marca de 488 visitas, sem considerar as visitas individuais em um dos capítulos do estudo. Disponível gratuitamente em um formato simples e fácil de ser aplicado em igrejas locais, grupos pequenos ou mesmo individualmente.

Além disso, o leitor também pode deixar seus comentários nas postagens e interagir com a minha pessoa.

Tenho recebido poucos comentários associado a este estudo, logo quero incentivar o prezado leitor a visitar o estudo completo ou um dos capítulos e escrever algum comentário.

 

Veja o infográfico

Esse post foi publicado em Adoração e Louvor, Bíblia, Em destaque, Estudo Biblico, Mensagens Pessoais, Videos e áudios em geral. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para APOSTILA COMPLETA DO ESTUDO DE INICIAÇÃO CRISTÃ

  1. Educabilidade

    Paulo encoraja seus leitores a serem eternos aprendizes
    (Cl 1:4_10)

    Embora os colossenses já tivessem compreendido o conhecimento do Salvador (Cl 1:4_7), seus líderes desejavam que eles soubessem como se aplica esse conhecimento. Aprendizado começa com o conhecimento (Cl 1:9) e depois, vai para a compreensão(Cl 1:9), o que, por fim, resulta em aplicação (Cl 1:10). Você está em aprendizado se você está em constantes mudanças.

    Bíblia da Liderança Cristã

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s