Liderança Cristã

A Liderança precisa de Intercessão

Eu amo estes hinos que estão aqui abaixo, apesar de, que eu me lembre, não ter cantado alguns deles nas reuniões, do Gere. Mas é sempre bom lembrar. 

      Já a alguns anos pensava em escrever algo sobre liderança, mesmo porque, devido a minha deficiência física (Hemiparesia dos membros inferiores direitos) precisei comprar outra Bíblia semelhante à Bíblia de Referência Thompson, contendo um suplemento de Concordância Bíblica Abreviada.

“A concordância Bíblica Abreviada realça o propósito de ajudar o leitor a localizar as principais passagens relacionadas com os mais significativos temas bíblicos.”

       A minha Bíblia de Referência Thompson é volumosa e de difícil transporte, então procurei comprar outra com a Concordância Bíblica Abreviada menos volumosa e fácil transporte, encontrando a Bíblia da Liderança Cristã.

       A mesma possui várias notas e artigos associados a determinados temas, versículos e/ou capítulos e uma Concordância Bíblica Abreviada. Como sou professor de Escola Bíblica dominical, a uso com freqüência.

       Separei algumas destas notas e artigos associados à liderança cristã, para compor a mensagem.

       Fazendo uma breve retrospectiva da minha vida no contexto da liderança cristã, exerci a mesma durante alguns anos no GERE (Grupo Evangélico da REDUC), antes de ser transferido para o CENPES pelo PROCESSO DE READAPTAÇÃO PROFISSIONAL.

       Basicamente, a liderança dentro deste contexto tem mais a ver com a organização, seleção e escolha dos dirigentes de louvor e mensageiros para as reuniões semanais do grupo evangélico, além da escolha do local das reuniões. Obviamente, estas reuniões necessariamente ocorrem nos intervalos do almoço, ou seja, com tempo de reunião de aproximadamente 30 minutos, visto que os outros 30 minutos são reservados para o deslocamento ao restaurante e almoço.  Igualmente, é pratica a muitos anos, ter um encontro envolvendo todos os grupos evangélicos no final do ano, com um culto de ação de graças. Logo, são necessárias várias reuniões para organizar tudo, e isto demanda tempo e dedicação.

       A minha história eclesiástica, apesar de líder de um grupo evangélico que lida com pessoas de várias denominações, se resumia ao diaconato em um sistema episcopado na IPNV Mal Hermes (Igreja Pentecostal de Nova Vida de Mal Hermes localizado na cidade do Rio de Janeiro), então era natural eu desenvolver a liderança deste grupo com a visão episcopal (*).

(*) Episcopado também conhecido como Gênero Episcopal, é uma das formas administrativas da igreja.

Neste sistema, os ministros principais na igreja são os bispos. Outros ministros são pastores ou presbíteros e diáconos. Todos estes são mencionados no Novo Testamento. O governo é centralizado na figura de um dirigente, responsável pelas decisões e destinos da igreja, mas que possui um grupo de subalternos, o colégio episcopal, responsáveis pela administração da gestão do sistema.

“Os líderes não podem violar a principal razão que os levou ao poder: proteger o fraco.” (Bíblia – Liderança Cristã – Almeida Revista e Atualizada – SBB).

Eis a mensagem:

  • Caráter: Os líderes não podem dar o que não tem(Mq 2:1_13)

       Os líderes perversos nos dias de Miqueias governaram desprovidos de qualquer conveniência ou decência. Fizeram o que era certo aos seus olhos.

       A palavra grega para caráter é normalmente traduzida por “imagem”. Significa um entalho, um recorte, uma ranhura ou uma inscrição em uma pedra ou moeda. Assim historicamente, caráter significava uma marca distinta impressa ou formada no interior de uma pessoa por uma força externa. Para uma melhor compreensão, dê uma olhada em algumas falsas concepções sobre o caráter:

  1. O caráter não é meramente a forma de uma pessoa agir; algumas pessoas podem esconder um caráter fraco;
  2. O caráter não é simplesmente o ideal para uma pessoa alcançar no futuro; isso se chama esperança;
  3. O caráter não é apenas o que os outros vêem no exterior; ele começa no interior;
  4. O caráter não se limita a ter sabedoria para avaliar o comportamento dos outros; isso é julgamento;
  5. O caráter não se trata apenas de disciplina; posso até ter a disciplina em uma área e não ter em outra.
  • Comunicação

Sem ela, o líder anda sozinho

(Zc 8:1_8)

       Israel lutou moralmente e precisava de disciplina imediata durante os dias obscuros do ministério de Zacarias. Porém, antes do final de sua profecia, Zacarias oferece esperança de um futuro melhor, mesmo que seja num futuro distante. Ele dá ao povo esperança específica, como em Zacarias 3:4_5, onde promete que Josué seria purificado, vestido e coroado.

       Líderes de sucesso sabem como capacitar o povo através de comunicação efetiva. Também sabem o conteúdo a comunicar, o qual encorajara o povo. Observe as claras distinções:

Comunicadores limitados oferecem:

Comunicadores bons oferecem:

Deveres Esperança

Pessoas ficam desanimadas por tudo que devem realizar a fim de “progredir;”

Pessoas são encorajadas por um quadro de um amanhã melhor e mais vivido.

 

Ilusão Ajuda

Pessoas podem ficar entusiasmadas, mas nada de concreto lhes é oferecido em que pudessem se apegar ou que pudessem aplicar.

Pessoas recebem ajuda prática na medida em que o líder lhes oferece passos a seguir.

 

  • Líderes Bem-sucedidos dependem de Deus (Lm 5:14_19)

“Líderes bem sucedidos não dependem de seu bom senso e inteligência, mas de Deus. Além de confessar o pecado do povo, Jeremias diz que Deus reina para sempre e, por fim, restaurará o que se perdeu. Os líderes agem de acordo com os seus dons e chamado, mas confiam que Deus produzirá os resultados desejados.”

  • Direção: Os líderes não são perfeitos, mas são íntegros(Sl 32:8) 

Deus não espera que os líderes sejam perfeitos, mas que sejam íntegros. Você já percebeu a grande diferença? Ter integridade significa ser completo, como é o caso de um “número inteiro”. A despeito de suas fragilidades humanas, um líder pode com eficácia, guiar aqueles que o seguem.

       O texto do Salmo 32:8 lembra-nos que os líderes devem observar com atenção o rebanho para conhecer suas necessidades e problemas. Deus espera que os líderes espirituais atuem como guias. O guia leva uma pessoa ou um grupo em segurança até o destino planejado. O termo hebraico para “guia” dá-nos vários indícios do que Deus espera daqueles que ele usa como líderes:

  1. O guia é um líder espiritual que une e conduz as pessoas em sua caminhada com Deus.
  2. O guia põe as pessoas no caminho reto que leva à comunhão com Deus.
  3. O guia dá conselhos corretos e que vêm de Deus para aqueles que precisam deles.
  4. O guia lidera com mansidão e probidade, fazendo com que os outros se sintam seguros.
  5. O guia baseia sua direção no Espírito e na Palavra de Deus.

Bíblia da Liderança Cristã com notas e artigos de John C. Maxwell

Almeida Revista e Atualizada – SBB

  • Resumindo

Com relação a minha pessoa, não me considero um líder irrepreensível, perfeito. Até me considero uma pessoa esforçada, dedicada. Neste contexto, vou utilizar parte da reflexão de minha Bíblia da Liderança Cristã em 1ª Co 9.

A Lei do Sacrifício:

De que coisas, Paulo abriu mão?

(1ªCo 9:4, 6_15)

Paulo foi um líder que abria mão de direitos que lhe cabiam legalmente, e isso é o que o torna eficiente. Observe de que coisas esse líder abriu mão:

  1. Ele foi um Senhor que abriu mão do direito de comer e beber(v.4);
  2. Ele foi um soldado que abriu mão do direito de ter um salário (v.7);
  3. Ele foi um vinhateiro que abriu mão do direito de comer suas uvas (v.7);
  4. Ele foi um pastor de rebanho que abriu mão de beber dele o leite (v.7);
  5. Ele foi um boi que abriu mão do direito de comer o grão (v. 9_10);
  6. Ele foi um agricultor que abriu mão do direito de sua colheita (v.10);
  7. Ele foi um servidor do templo que abriu mão do direito ao prato de comida (vs. 13_14);
  8. Ele foi um pregador que abriu mão do direito de uma oferta (vs. 14_15).

O TRIÂNGULO DA LIDERANÇA

o-triangulo-da-lideranca

Essa pirâmide mostra como a liderança bíblica funciona. Quanto mais o líder cresce, mas ele abre mão de direitos seus. Ela funciona ao contrário da forma como o mundo pensa, pois o líder bíblico, espontaneamente, abre mão de seus direitos quanto mais sobe ao topo da liderança.

Lições de Liderança

  • Liderança e influência, nada mais e nada menos.

  • Grandes líderes lideram pelo exemplo.

     

    Davi estava longe de ser um homem perfeito, mas entendeu algo que todos os líderes tementes a Deus devem compreender: Quando os momentos de tribulação chegam, mesmo a tribulação que causamos a nós mesmos, devemos recorrer a Deus e esperar por seu auxílio com paciência. Ele nunca nos desapontará. Lembre-se dessas verdades acerca do Deus a quem você serve e depois as proclame a todos os que darão ouvidos.

  • Bíblia da Liderança Cristã com notas e artigos de John C. Maxwell
  • Almeida Revista e Atualizada – SBB

NOTA PESSOAL

Entendo hoje em 20/08/2018 que o exercício de uma liderança de um grupo evangélico qualquer, como aconteceu com a minha pessoa ou outras em situações semelhantes, não é equivalente ao exercício de uma liderança pastoral, pois isto envolve unção, capacitação e tempo para cuidar, tratar, ensinar o rebanho e acima de tudo alimentar as ovelhas com o mais puro leite racional, não falsificado(1º Pe 2:2) e também, dar um alimento sólido para os adultos, os experimentados na fé (Hb 5:13_14).

1ª Pe 2:2

“Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo;”

Hb 5:13-14

“… Ora, todo aquele que se alimenta de leite é inexperiente na palavra de justiça, porque é criança. Mas, o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal” .

       Bem, de qualquer maneira tenho procurado seguir estes ensinamentos. Colocado em pratica o meu discipulado ao longo destes anos, apesar das circunstâncias adversas, que no meu caso, não foram poucas.

     Amém.

Esse post foi publicado em Bíblia, Diversos, Em destaque, Estudo Biblico, História Eclesiástica, Missões, Videos e áudios em geral. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Liderança Cristã

  1. OS LÍDERES AMAM A TODOS, MAS NÃO SE AFASTAM DE SUAS CONVICÇÕES
    Os 14:9

    Os líderes sempre amam e se preocupam com as pessoas, independente de quem elas sejam. Certamente, Deus e Oseias revelaram um amor incondicional. Mas existe um momento em que a demonstração de amor por uma pessoa termina, senão o líder violará algum princípio fundamental.
    É nesse momento que os líderes devem estabelecer os limites. Ainda que devam amar e se preocuparem com qualquer pessoa com quem tenham contato, isso não significa que devam desistir de suas convicções. Devem responder com graça, mas jamais se desviarem dos princípios e prioridades que os dirigem. Devemos nos agarrar às convicções mesmo nos piores momentos.
    Tanto Deus como Oseias continuaram a agir a partir de princípios. Os líderes praticam a lei da delegação do poder quando atendem suas prioridades:

    O líderes devem…
    1-Agir a partir de seus princípios.
    2-Capacitar os outros, mesmo quando isso é difícil.
    3-Viver do caráter.

    O seguidores geralmente…
    1-Reagem a partir de seus sentimentos.
    2-Recuam nos momentos difíceis.
    3-Vivem de emoções.

    Bíblia – Liderança Cristã

    Almeida Revista e Atualizada – SBB

    Curtir

  2. LIDERANÇA NATURAL X LIDERANÇA ESPIRITUAL
    (Sl 103:13_18)

    Bons líderes lembram-se de onde vieram e quem é a sua fonte, uma lembrança que separa líderes espirituais de líderes naturais.

    Deus lidera seu povo mais como um pai do que como um chefe. Ele mantem uma visão de toda a situação e se prende às prioridades certas. Embora revelam habilidades de liderança visíveis, os líderes naturais, muitas vezes, se afastam desse estilo de liderança. Eles têm a tendência de se apoiarem mais em seus dons do que em Deus. Considere as diferenças entre os dois tipos de líderes:

    Líder natural
    1- Autoconfiante;
    2- Conhece os seres humanos;
    3-Toma as próprias decisões;
    4-Ambicioso;
    5- Cria os próprios métodos;
    6- Gosta de comandar os outros;
    7- Motivado pelo interesse próprio;
    8- Independente;
    9- Ganha poder por meio da personalidade;
    10- É um vaqueiro empurrando o gado.

    Líder espiritual

    1- Confia em Deus (Sl 56:9; 118:6);
    2- Conhece Deus (Jo 10:14);
    3- Procura conhecer a vontade Deus(Rm 12:2; Ef 5:17);
    4- Sacrifica-se a si mesmo (Mt 20:25_28; Lc 9:23);
    5- Descobre e segue os métodos de Deus (Sl 40:8; 143:10);
    6- Serve a todos (Mc 10:42_45);
    7- Motivado pelo amor a Deus e ao ser humano (1ªJo 4:7_21);
    8- Depende de Deus (Is 42:1; Jo 15:5);
    9- Capacitado pelo Espírito Santo (At 1:8);
    10- É um pastor conduzindo o rebanho (1ªPe 5:2_3).

    Bíblia – Liderança Cristã

    Almeida Revista e Atualizada – SBB

    Curtir

  3. O caos predomina sempre que a humanidade faz “o que acha mais certo”. Vida civilizada se torna impossível quando cada pessoa anda “no seu próprio caminho”. Sempre necessitamos de líderes saudáveis e espirituais. O Livro de Juízes ilustra essa verdade de forma mais vívida do que qualquer outro.

    Bíblia da Liderança Cristã, Almeida Revista e atualizada, SBB.

    Curtir

  4. Existe uma grande diferença entre um legado e uma herança. Qualquer pessoa pode deixar uma herança. Herança é algo que você deixa para a sua família ou entes queridos e ela também desaparece. Legado é algo que você deixa em sua família e entes queridos.
    Considere as diferenças entre as duas coisas:

    Herança
    1.Algo tangível que você dá aos outros;
    2.Algo que lhes dá uma alegria passageira;
    3.Algo que desaparece à medida que é usado;
    4.Sua atividade pode ou não compensar.

    Legado
    1.Algo tangível que você coloca nos outros;
    2.Algo que permanentemente as transforma;
    3.Algo que continua a existir depois que você morre;
    4.Sua atividade torna-se uma realização.

    Bíblia da Liderança Cristã
    SBB – Almeida R.A.

    Curtir

  5. A minha Bíblia da Liderança Cristã é excelente ao abordar vários textos das Escrituras Sagradas e resolvi separar algumas passagens para escrever uma postagem específica sobre liderança.

    Trazendo a memória minha vida eclesiástica e profissional como um todo, sempre fui esforçado. Não me lembro no momento se exerci a liderança nestas áreas, mas eu já exerci a liderança durante alguns anos em um grupo evangélico em local de trabalho.
    Igualmente, estas reuniões relativamente curtas (+/- 30 minutos), durante o tempo que frequentei e me tornei líder do GERE (Grupo Evangélico da REDUC), apresentavam uma frequência normal de apenas algumas dezenas de pessoas por semana apesar de haver milhares de trabalhadores, quer sejam contratados ou concursados na REDUC, até por causa da logística de deslocamento do ambiente de trabalho ou restaurante para o local das reuniões. Mesmo porque as reuniões ocorriam no auditório, mini-auditório ou uma das salas do pessoal da área de recursos humanos, no prédio do Superintendente, localizado no coração da REDUC, local geograficamente de fácil acesso a todos os funcionários concursados e/ou terceirizados, até por que lá existem um pool de bancos diversos e um posto da EBCT. Ademais, o prédio do Laboratório localiza-se em frente ao prédio da superintendência, que facilitava o meu deslocamento.
    E esta liderança não é algo “institucionalizado”. Não haviam normas para se exercer este tipo de liderança.
    Havia, sim, envolvimento e creio eu, que em um determinado momento fui escolhido devido ao meu envolvimento no evangelismo em local de trabalho.

    Igualmente, esta liderança tem mais a ver com:

    a)Seleção do dirigente de louvor para um ou dois hinos, a cada semana;

    b)Seleção do pregador com mensagens curtas de +/- 15 minutos, por semana;

    c)Escolha do local de reunião;

    d)Entrega de uma Bíblia ao Gerente Geral recém-empossado na Refinaria (Local de Trabalho), além de comentar das reuniões do Grupo Evangélico em uma das salas ou auditórios do prédio do superintendente, com reuniões que acontecem nos intervalos de almoço de +/- 30 minutos;

    e)Organização de um evento, ao final do ano, de ação de graças envolvendo todos os grupos evangélicos em local apropriado (Ex.: CREDUC; Auditório do superintendente, etc.), e para que tal encontro aconteça isso demanda a participação e auxilio de várias pessoas na organização, seleção e escolha das tarefas individuais.

    Só que nós que exercemos uma liderança em grupo evangélico em local de trabalho devemos sempre nos lembrar de que existem normas em nossos ambientes de trabalho que não podem nem devem ser menosprezadas, até mesmo pelo nosso testemunho pessoal. Porque as pessoas a nossa volta nos observam. Então, aquele ensinamento do Sr Jesus, é tão atual quanto necessário.

    Mt 10:16
    “Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudente como as serpentes e inofensivos como as pombas.”

    Então, se eu como trabalhador comum tenho legalmente direito a uma (1) hora de almoço e reservo este tempo para tal ou aproveito parte desta hora para outros afazeres este é um direito nosso, que as normas celetistas nos garantem.

    Eu posso, por exemplo, não almoçar e reservo este tempo para ler algo (Ex.: Um livro qualquer; revista; jornal; etc.) ou descansar, praticar alguma atividade física em local apropriado e porque não ler ou estudar as Escrituras Sagradas, formar grupos de estudos bíblicos.

    São estes detalhes que fazem a diferença para ter alguém que possa pelo menos organizar estas atividades.

    Por isto, que não se pode chamar qualquer um para uma liderança em grupo evangélico em local de trabalho.

    Então, neste contexto, não me considero um líder exemplar, pois a capacidade de delegar, dividir as tarefas não me era comum.

    Procurava alguém com tempo e disposição para assumir alguma responsabilidade e nada;
    Então, o que fazia?
    Sobrecarregava-me. Por isto não me considero um bom líder. Considero-me um líder esforçado, dedicado, detalhista.

    A meu Senhor Jesus, só tu mesmo para tratar este servo, para me moldar e me dar descanso.

    Obrigado por tudo.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s